quinta-feira, 7 de setembro de 2006

Thin client

Nos deparamos essa semana com um novo thin client.

É o WinBox da TecnoWorld.

É um produto bem bacana.

Comparando o mesmo em tamanho com o thin client que utilizamos é realmente muito menor.

Veja nas fotos:






Esse modelo no caso é o mais simples, mas atende relativamente bem um ambiente LTSP conforme nossos testes. Percebe-se uma pequena diferença, obviamente com relação ao processador (266 Mhz contra 533 Mhz), mas é um produto bem interessante.

Ao bootar ele entra no Linux embarcado dele e você pode conectar com X, ICA e outros protocolos. Nós configuramos ele na BIOS para bootar via boot PXE, o que para nós faz mais sentido já que temos nosso server LTSP.

A fabricante também dispõe de outros modelos, com mais poder de processamento, mas obviamente mais caros, com o modelo WinLight (com processador de 800 Mhz) e o WinNet (também 800 MHz, mas com opção de dispositivos adicionais).

Na nossa avaliação, para o nosso uso com LTSP a única feature dispensável é o Linux embarcado na Flash de 32 Mb, pois com boot PXE isso não é utilizado. Mas pode ser útil em outros casos.

Outra coisa interessante é o nome, Win, totalmente estranho, pois no caso o modelo que usamos tinha Linux, apesar de que eles trabalham tb com Windows CE.

Para ver os modelos e suas diferenças, seguem os links dos PDFs, direto do site do fabricante.

WinBox
WinLight
WinNet

Mais algumas fotos do modelo WinBox.