sexta-feira, 26 de março de 2010

Análise do novo cliente XMPP - OneTeam

Para os usuários e administradores de serviços XMPP as últimas semanas tem sido cheias de novidades e surpresas muito agradáveis.

Uma delas é o novo cliente XMPP chamado OneTeam. O OneTeam possui versões para Windows, Mac OS X e Linux, e pode ser rodado standalone ou como uma extensão do Firefox.

Como já estava esperando o lançamento desse cliente há um certo tempo, baixei o mesmo e passei a utilizá-lo. Para a realização dos testes, criei uma conta no talkr.im, serviço XMPP da Process one, empresa que desenvolve o servidor XMPP ejabberd e também o próprio OneTeam.

O maior motivo para escolher o talkr.im, foi que esse é o primeiro serviço XMPP a disponibilizar o Jingle Nodes. Infelizmente não tive ainda tempo para testar esse recurso, que será assunto de um post futuro.

Além disso, o talkr.im oferece salas de conferência e gateways para as principais redes (MSN, ICQ, Yahoo, Google Wave, Gtalk, entre outras) de IM, fazendo dele uma excelente escolha para quem quer utilizar o protocolo XMPP.

Os testes

Utilizei o OneTeam como extensão do Firefox (em Linux e Windows) e também como standalone no Linux e devo dizer que fiquei animado. Todas as versões testadas são exatamente iguais, e por isso resolvi utilizá-lo no browser devido a praticidade e rapidez (quem usa o Echofon sabe do que estou falando). Como estava usando o talkr.im, resolvi testar também seus gateways MSN e ICQ e fiquei satisfeito.

O OneTeam além de possuir todos os recursos básicos de um cliente XMPP (histórico, transferência de arquivos, service discovery, entre outros), possui também alguns diferenciais:
  • Addons: assim como o próprio Firefox, o OneTeam tem suporte a addons (ainda que até agora não exista nenhum desenvolvido). Esse recurso sozinho já abre um leque gigante de possibilidades que poderão surgir no futuro;
  • Perfis de presença: o OneTeam possui um sistema de perfis de presença altamente customizável. Como isso funciona ? Você pode criar perfis de presença que podem ser vistos por somente alguns usuários ou grupos, ou que podem ser vistos por todos exceto alguns usuários ou grupos. Assim, por exemplo, se você usa sua conta pessoal XMPP (e/ou MSN,ICQ,etc...) na empresa, você pode colocar uma mensagem de status que será vista por seus amigos, mas não será vista por seus clientes;
  • Ativação/desativação dos gateways: você pode ativar/desativar os seus gateways de forma rápida com o simples clique de um botão.

OneTeam rodando standalone no Linux

OneTeam rodando no Firefox

OneTeam rodando no Firefox

Com uma interface bem clean, o OneTeam já possui todos os recursos necessários para que você possa fazer dele seu cliente XMPP padrão (assim que sair a versão final, é claro). Além disso, a equipe da Process One está trabalhando muito para torná-lo estável e é possível que logo o mesmo venha a se tornar um dos grandes clientes XMPP do mercado.

PS: se você não quiser esperar a versão final e não se importar de utilizar uma versão alpha (que possui alguns bugs que causam o fechamento do software e do browser, quando utilizado como addon), seguem os links para download: